Vasectomia: Como funciona? Para quem é indicado? Pode falhar? Causa impotência? Respondemos suas dúvidas!

Homens que não querem ter filhos podem optar por diversos tipos de métodos contraceptivos, alguns de eficácia imediata como a camisinha e outros permanentes como é o caso da cirurgia de vasectomia.

Por isso é preciso ter certeza antes de realizar esse procedimento cirúrgico.

Nesse artigo ajudaremos você a entender melhor como funciona a vasectomia, mostrando quem pode fazer, se causa impotência, custo do procedimento e muito mais. Acompanhe!

Como funciona  a vasectomia?

antes e depois da vasectomia

Basicamente a cirurgia funciona bloqueando a passagem dos espermatozoides que são produzidos nos testículos e enviados ao pênis durante a ejaculação.

Esse bloqueio vem por meio de um corte que é realizado nos ductos deferentes que ligam os testículos a vesícula seminal.

Desse forma os testículos ficam impossibilitados de enviar os espermatozoides até essa vesícula e por consequência não haverá presença deles no sêmen, evitando assim qualquer possibilidade de fecundação.

O procedimento pode tanto ser realizado em um hospital como em clínica hospitalar, não sendo uma cirurgia de risco.

O médico irá apenas fazer duas incisões, uma de cada lado da bolsa escrotal para que os ductos sejam cortados e suturados.

Dica: Saiba como pega a candidíase em homens, e como tratá-la!

Quem pode fazer? Para quem é indicado?

Na verdade qualquer homem que não deseje mais ter filhos pode fazer a vasectomia, contudo, recomenda-se que o paciente tenha pelo menos 25 anos de idade e 2 filhos, além da certeza de que é esse mesmo seu desejo, o de não mais ter a capacidade de fecundar um óvulo.

Esse procedimento é dolorido?

Essa cirurgia é bem simples e pode ser realizada apenas com a aplicação de anestesia local. Portanto, não há relatos de dores muito intensas antes, durante e até mesmo depois do procedimento.

O que ocorre é que a região fica um pouco dolorida durante a recuperação, principalmente nos dois pontos onde foi realizada a incisão. Pode incomodar para andar, correr, ou realizar algumas atividades diárias.

Porém a dor vai diminuindo com o tempo, e após 2 ou 3 dias da cirurgia você poderá voltar a fazer suas atividades normais, como dirigir. O contato íntimo só é permitido depois de 1 semana.

Você sabe o que é um espermograma? Veja como fazer e se é confiável!

É possível reverter a cirurgia e voltar a ter filhos?

Até pouco tempo não havia maneiras de reverter a vasectomia, porém já há a possibilidade da realização de uma microcirurgia com esse fim.

Essa microcirurgia é realizada por poucos médicos no Brasil, possuindo valor elevado e podendo levar de 2 a até 3 horas para sua realização. A reversão não é realizada pelo SUS.

É válido mencionar, que mesmo após reverter o procedimento, dependendo do tempo que levou para fazer essa reversão, o corpo pode voltar a produzir espermatozoides, porém inférteis, o que pode dificultar a gravidez.

Existe algum risco de causar impotência?

imagem de um procedimento de vasectomia

A vasectomia não causa impotência, isso devido ao fato de que ela não altera a estrutura do pênis em si, sendo a intervenção feita apenas nos ductos do testículo.

Pode acontecer de a pessoa ter alguma dificuldade de ereção nas primeiras semanas após a cirurgia, causada principalmente por ansiedade e até mesmo pelo fator da região ficar dolorida.


Tem interesse em saber mais sobre saúde do homem? Clique aqui e conheça causas e sintomas da Ginecomastia !


A vasectomia pode falhar?

A cirurgia é altamente eficaz e as chances de falhar são praticamente nulas. O médico irá cortar os dutos por onde os espermatozoides passam, dessa forma o corpo não consegue de nenhuma outra forma transportá-los para o pênis e nem liberá-los durante a ejaculação.

No entanto, apesar de raro, esse procedimento pode sim falhar.

Custo do procedimento

Definir o preço de uma cirurgia é um pouco difícil, pois o custo final da vasectomia vai depender principalmente do médico escolhido e também do hospital.

Contudo existe uma média e a vasectomia pode custar de R$ 1 a até R$ 3 mil reais.

O médico responsável por esse procedimento é o cirurgião urologista.

O procedimento pode ser realizado pelo SUS?

o urologista e homem conversando sobre o procedimento de vasectomia

A maioria dos homens que não desejam mais ter filhos podem solicitar a vasectomia pelo SUS, porém é preciso obrigatoriamente preencher alguns pré-requisitos definidos pelo sistema. Esses pré-requisitos são exigidos principalmente para garantir que o operado não se arrependa e também para fazer um controle de homens inférteis.

Os pré-requisitos são:

  • Ter pelo menos 25 anos de idade e dois filhos vivos, além da necessidade de possuir capacidade civil plena.
  • Aguardar um prazo de pelo menos 60 dias entre a manifestação da vontade e a realização do procedimento.
  • Em caso de homens casados é preciso que a esposa também autorize o procedimento fazendo uma declaração de concordância registrada em cartório e testemunhada.

Viu que não é tão simples fazer pelo SUS? Contudo essas exigências são altamente compreensíveis, até mesmo para garantir que o paciente não se arrependa depois, uma vez que o SUS não realiza a reversão da vasectomia.

Além pessoas incapazes não são autorizadas, em nenhuma hipótese, a realizar o procedimento.

 

Você Também Pode Gostar:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *