BDSM: O que é? Como funciona? Saiba tudo sobre essa prática!

Quando o assunto é sexo e sexualidade a confiança é um dos fatores que determina o quão prazerosa sua experiência pode ser. Existem diversas formas de sentir prazer e quando há um acordo entre as partes envolvidas, as possibilidades de se satisfazer são infinitas. No BDSM não é diferente, nessa prática a confiança e o prazer andam de mãos dadas.

Nesse artigo vamos tentar desmistificar a ideia que as pessoas têm a respeito do BDSM, essa prática não se baseia apenas em sentir dor, mas sim em atingir os limites do prazer. Vamos conferir?

BDSM: O que é?

Muitas pessoas acreditam que o BDSM é uma forma pervertida de sentir prazer, na qual quem o pratica é desumanizado ou coisa pior.

Porém isso não é verdade, o BDSM é apenas uma das diversas formas de sentir prazer, não havendo nada de errado em ser praticado.

A sigla BDSM se origina da combinação de diversas palavras em inglês, primeiro temos Domination-Submission (dominação e submissão) que origina as siglas DS, juntamente vem o sado-masochism (sado masoquismo) que ocupa o lugar do SM e por fim Bondage-Discipline (escravidão e disciplina) com as letras BD.

Cada uma dessas abreviações possui significados diferentes na prática do BDSM, a dominação e submissão definem o controle total que uma das partes tem sobre o outro, o sado masoquismo é a parte em que o prazer vem através da dor e por fim a escravidão e disciplina que envolve o poder total sobre a outra parte.

Historicamente o BDSM é descrito desde de os tempos da Grécia antiga, passando pelo Kama Sutra (300 AC), porém foi no século 18 que o BDSM floresceu, com alguns bordeis europeus se especializando na prática de punições e dominação feminina como forma de prazer a homens submissos.

bdsm imagem casal

Como funciona?

A pratica do BDSM como dito no início do texto envolve confiança, e para além disso há de haver um acordo entre as partes a respeito do papel de cada um e seus limites.

Antes de iniciar a prática essas questões devem estar bem acertadas para que ninguém saia frustrado.

Se você está pensando em começar a praticar o BDSM vá com calma, explorando aos poucos todas as formas desejadas desse meio de sentir prazer.

O BDSM é baseado em consentimento de ambas as partes e se uma das partes ultrapassa essa linha pode ser prejudicial a você e ao outro.

Em fato essa prática mais se aproxima de encenação do que do real realmente, os movimentos são planejados e no final não pode haver nenhum dano grave a nenhuma das partes.

Tanto que o ato de cada pratica do BDSM é chamado de cena.

Uma dica valiosa dos praticantes do BDSM é a de que antes de começar o ato, se defina uma palavra de segurança.

Essa palavra deve ser usada sempre em que umas das partes sentir necessidade, usá-la significa que os dois devem parar imediatamente qualquer coisa que esteja sendo feita.

Práticas do BDSM

bdsm imagem mulher

Confira agora alguns exemplos de coisas que você pode experimentar caso queira conhecer mais a fundo o BDSM.

Lembre-se, o intuito do BDSM é proporcionar prazer, mesmo que pela dor.

Caso não se sinta confortável com essas situações, não faça.

  • Imobilização: Nessa etapa quem está dominando utiliza de diversas maneiras para imobilizar o submisso. Podem ser usadas cordas, algemas ou até mesmo vestuários próprios para esse propósito. O intuito aqui é deixar a outra parte ainda mais vulnerável nas mãos do seu mestre.
  • Dor: Nessa parte o dominador exerce do seu poder sobre o outro através do emprego da dor. Essa dor deve ser controlada e acordada previamente por ambos. Nela podem envolver tapas, murros, pinçamentos, asfixia e tudo mais que a imaginação dos dois mandar.
  • Xingamento: Durante a pratica do BDSM o dominador tem a função de fazer o outro se sentir o mais submisso possível e isso pode ser conseguido através de agressões verbais, fazer o outro se sentir apenas um objeto sem valor e para uso do seu mestre.
  • Vedação: Aqui o intuito é não permitir que quem esteja na posição de submissão veja o que está acontecendo. Isso pode ser desesperadoramente prazeroso para quem está sendo dominado, a falta total de controle e previsão dos atos de quem está dominando.

Que tal dar uma apimentada na sua noite? Leia esse texto sobre Viagra e saiba todas as informações!

E ai gostou do assunto? Que tal deixar seu comentário? Vamos adorar respondê-lo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

2 Comments

  1. Eu adorei saber tudo sobre essa arte. Porque eu tinha muitas duvidas de como pratica-lá e um certo medo mas com todas essas dicas e conteúdo estou aliviado, porem ainda tenho uma pequena duvida e gostaria que me explicassem sobre o mesmo. Eu sou novo nessa pratica de dominar e o que eu queria saber se é normal ou possível da minha submissa querer ter controle sobre mim? ( Pode isso) ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *